É profissional de estética? Clique aqui para ver os produtos e preços para profissionais

Osteopatia

A Osteopatia utiliza uma metodologia e filosofia própria, a osteopatia tem o intuito de restabelecer  

a função das estruturas e sistemas, auxiliando na recuperação, manutenção e restabelecimento do  

equilíbrio entre o corpo e mente.  

 

 

Numa primeira consulta, o profissional vai avaliar a situação do paciente, obtendo informações 

sobre o histórico de doenças na família, problemas de saúde, estilo de vida e hábitos alimentares. 

Importante destacar que caso o profissional identifique alguma lesão ou um problema grave de  

saúde, o osteopata poderá solicitar um encaminhamento médico, como para um ortopedista, por  

exemplo.  

 

Somente após essa avaliação inicial, o osteopata poderá começar a parte manual. Geralmente são  

utilizadas apenas as mãos para entrar em contato com o corpo do paciente para trabalhar  

exatamente na causa da dor, aliviando os sintomas. Já a duração do tratamento vai variar de  

acordo com o problema do paciente.  

 

A osteopatia é indicada para aquelas pessoas que apresentam dores intensas, que acabam  

atrapalhando a rotina diária. Na sua maioria, a osteopatia pode tratar problemas no nervo  

ciático, no lombar e nos ombros, além de luxações, espasmos musculares e dores no nervo ciático.  

Além disso, pode tratar problemas no corpo causados pelo sedentarismo, má postura, lesões  

desportivas, dores de cabeça, tensão pré-menstrual ou stress. 

 

O osteopata não elimina apenas as consequências do problema. Durante as consultas, o osteopata  

vai procurar desvendar a razão do sintoma para curar o paciente. Sendo assim, vai utilizar as  

mãos como instrumento, recorrendo a várias técnicas terapêuticas manuais. São elas: 

 

Estruturais (ajustes nas articulações),  

Musculares (tratamento de músculos e tendões),  

Cranianas (partem do crânio para tratar o corpo),  

Viscerais (órgãos e a relação entre eles),  

Linfáticas e imunitárias (sistema linfático e imunitário)  

Fasciais (tecidos fasciais).  

As técnicas aplicadas ajudam a melhorar a movimentação das articulações, aliviando a tensão  

muscular e proporcionando uma melhoria na circulação sanguínea.