É profissional de estética? Clique aqui para ver os produtos e preços para profissionais

img

Para conhecer um pouco mais sobre o tratamento, consulte a nossa profissional  

( marque uma avaliação gratuita ) para esclarecer dúvidas sobre o processo.  

______________________________________________________________ 

Radiofrequência + Cavitação 

O que é a Radiofrequência? 

 

A radiofrequência é procedimento que utiliza a temperatura quente para estimular a produção de colágeno  

e elastina no organismo, podendo ser aplicado tanto na região do rosto como no corpo.  

O objetivo, é combater as rugas, linhas de expressão e a diminuição  

da flacidez no rosto. Além disso, atua de forma eficiente para a diminuição de manchas e  

cicatrizes, proporcionando uma pele mais lisa e uniforme ao cliente. 

 

 

 

O que é exatamente lipocavitação? 

 

Também conhecido como ultracavitação, ou apenas cavitação, é o mecanismo pelo qual alguns tipos  

de ultrassons destroem as células de gordura.  

O ultrassom é emitido por uma máquina e enviado à área de tratamento através de um manipulo.  

É necessária a utilização de um gel na interface entre o aparelho e a pele para que o ultrassom  

seja adequadamente transmitido. 

 

A energia ultrassônica emitida penetra até a gordura subcutânea, gerando pequenas bolhas dentro  

das células de gordura - os adipócitos. Essas bolhas aumentam progressivamente em número e causam 

agitação no interior da célula e levam ao seu rompimento. "A gordura, então, se divide em ácido  

graxo e glicerol: o ácido graxo liga-se a uma substância chamada albumina e é eliminada pelo  

fígado, o glicerol é solúvel em água e, por isso, é eliminado pelos vasos linfáticos e urina" 

 

img

Através da Radiofrequência é possível trazer de volta a firmeza dos tecidos da pele, de forma a estimular o colágeno ajudando na remodelação do corpo e rosto. A cavitação utiliza uma tecnologia através de ultra-sons cavitacionais que ajudam na eliminação da gordura através do rompimento das membranas dos adipócitos. Com a implosão efetuada ocorre a libertação de diglicéridos que posteriormente são eliminados pelo organismo.